item image

Mahara Shams

  • Bailarina mineira, fisioterapeuta e proprietária do Studio Mahara Shams. Iniciou seus estudos em dança ainda criança na academia que seus pais eram proprietários, a “Físico e Forma”, na modalidade jazz. Em 1995 teve o seu primeiro contato com a arte da dança do ventre com a professora Luciana Cunha (atualmente radicada na Alemanha).

    Após o fechamento da academia “Físico e Forma” continuou seus estudos com a professora Gaia Terra (atualmente radicada no DF), nesse período adotou o nome artístico de “Karuna”. Em 1998 mudou o seu nome artístico para Mahara e em um workshop com Samira Sâmia (SP) recebeu o complemento Shams ao seu nome. Antes de se profissionalizar fez workshops, cursos e aulas avulsas com profissionais consagrados no cenário nacional como Nájua, Carlla Sillveira, Lulu Brasil e Samira Sâmia.

    No ano de 2001 através da prova do SATED MG passou a ter seu atestado de capacitação profissional com DRT n° 5613 e em junho deste mesmo ano fundou a sua escola de dança. Ao completar 18 anos foi atrás de um sonho: ser reconhecida em São Paulo, e em novembro de 2002 recebeu o “Padrão de Qualidade” em Dança do Ventre da Casa de Chá Egípcia Khan el Khalili (SP), passando a integrar o quadro de bailarinas. No período de janeiro de 2005 a janeiro de 2006, Mahara Shams fez o curso de formação de professoras com a bailarina Lulu no harém de ITU (SP).
    Em junho de 2006 Mahara Shams recebeu a qualificação de “Bailarina noites no Harém”, passando a integrar o mais seleto grupo de bailarinas da casa de chá Khan el Khalili (SP). Em junho de 2007 formou-se em Fisioterapia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Em 2009 tornou a fazer o curso de formação com Lulu Brasil, sua eterna mestra!

    Durante sua trajetória teve oportunidade de estudar com grandes nomes internacionais como Sahra Saeeda (EUA), Dina (Egito), Jilina (EUA), Marmoud Reda (Egito), Raqia Hassan (Egito), Saida (Argentina), Randa Kamel (Egito), Amar Gamal (BDSS) e outros. Mahara Shams foi convidada a integrar bancas de destaque nacional como padrão de qualidade Khan el Khalili, selo de qualidade Lulu Brasil e o concurso Ventre Mania (Osaco/SP) . As alunas do Studio Mahara Shams já receberam prêmios importantes como o primeiro lugar em Grupo no Congresso Mineiro de dança do ventre 2012, além de vice-campeã internacional Bele Fusco, e terceiro lugar em solo profissional e dupla no Congresso Mineiro de dança do ventre. Ao lado de seu marido Eduardo Couto, exímio derbakista, já realizou diversos shows e workshops pelo Brasil.